Seja bem vindo.

A verdade pragmática é aquilo que é real de um sistema de valores, mas como verdade e realidade não são sinônimos, buscaremos, a partir da nossas verdades e realidade, trazer textos sobre tudo. Este blog também abordará assuntos acadêmicos referentes à psicologia e comunicação institucional. E com o tempo esperamos adicionar mais assuntos através de outros colaboradores.



sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

6 parte: Análise PFOA

Ilustração: setemarescoaching.blogspot.com

Essa parte do trabalho é importante, pois é nela que se analisa qual será o foco do futuro plano de comunicação, e onde se demonstra para o cliente um ponto fraco a ser trabalhado que justifica o plano de comunicação. É importante fazer uma análise fria e cuidadosa para se criar um bom argumento, baseado em fatos palpáveis.

 Como o texto desta parte do relatório que desenvolvi junto com o meu grupo/agência Láurea Comunicações é extenso, serei breve.

 PFOA significa: Potencialidades, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Sua pesquisa portanto, será direcionada para descobrir e entender, os pontos fortes e fracos da instituição onde terá que ser trabalhado ou reforçado. Os pontos fracos são os mais importantes, são baseados neles que se construirá o plano de comunicação interna. Coloco o relatório do meu trabalho sobre:


Diagnóstico – Análise PFOA




Potencialidade

O Grupo é considerado uma grande referência no que faz, aumentando cada vez mais sua atuação na área de medicina e saúde. Sendo reconhecido nacional e internacionalmente conta com um conjunto de diferenciais, são eles: soluções integradas, solidez financeira aliada a crescimento sústentável, equipe médica e administrativa altamente qualificada, alto padrão de governança corporativa, crescimento organico, pesquisa e desenvolvimento contínuos, investimento em inovação e foco no cliente.


O Grupo Fleury também tem adotado sugestões de seus funcionários, foi criado uma ferremanta interna para que todos possam dar sugestões as diversas aréas do Grupo.


Fraquezas

Suas fraquezas talvez estejam na comunicação interna, mesmo sendo considerada uma referência.


Existem alguns casos de problemas no atendimento, falta de comunicação com os colaboradores e médicos, causando transtornos como por exemplo, o caso mais grave e o que esta sendo tratado como “negligência”, onde o grupo foi condenado a pagar uma indenização de R$ 18,6 mil por danos materiais e morais, a um paciente que realizou um exame de ressonância magnética sem uma proteção causando um certo “zumbido” em seu ouvido.


São situações que o grupo tenta não transparecer para o público interno, porém de alguma forma ele acaba aparecendo e manchando um pouco seu nome.


Ainda considera que precisa desenvolver melhor sua estratégia de aquisições e divulgação para concorrer com o primeiro no mercado do mesmo segmento, que é o grupo Dasa.


Oportunidades:

O Fleury é a marca dominante no segmento premium de diagnósticos médicos, forçando as operadoras de planos de saúde a oferecer seus serviços caso desejem vender um plano de mesma categoria.


Além disso, a companhia tem oportunidades para expandir seus negócios para além de onde é dominante. Os analistas lembram que o laboratório já comprou outras 23 empresas e está em fase final de integração dessas operações e deve ter capacidade de extrair sinergias significativas disso.Os analistas também comparam o Fleury com a Dasa, companhia listada em bolsa e do mesmo setor de atuação.Além disso, o Fleury também oferece serviços de medicina preventiva, que mesmo representando uma pequena fatia das receitas, são vistos como um negócio complementar que oferece forte potencial de crescimento.


Em uma visão geral, as duas empresas estão em fases diferentes. Para a Dasa, depois do forte crescimento orgânico e por meio de aquisições nos últimos anos, a direção está focada em melhorar a lucratividade. Já no caso do Fleury, a companhia reestruturou suas operações e levantou capital para expandir seus negócios, o que pode elevar o crescimento, mas pressionar as margens.


As ações do Fleury chegaram ao Novo Mercado da Bovespa em 17 de dezembro, valendo R$ 16 cada. Ao todo, foram colocadas 39.389.750 papéis. Os estrangeiros acreditaram na história da companhia e ficaram com 75% desses ativos.


Ameaças:

Seguem abaixo, algumas considerações do grupo, em relações á acontecimento que de alguma forma, podem afetar a Companhia:


1) Riscos relacionados aos negócios da Companhia


Parcela significativa da receita de prestação de serviços do Grupo Fleury decorre da receita gerada por seus contratos com operadoras de planos de saúde, hospitais e empresas.


Atrasos ou recusas generalizados de suas fontes pagadoras para realizar os pagamentos que são devidos ao Grupo Fleury podem afetar adversamente a Companhia.


Falhas no funcionamento dos seus sistemas de tecnologia da informação podem comprometer as operações da Companhia e afetar adversamente o Grupo Fleury.


O comprometimento das operações da sua principal central de processamento de amostras poderá afetar a sua capacidade de processamento de exames de análises clínicas realizados na região da Grande São Paulo e de exames de alta complexidade, e afetar adversamente a Companhia.


Os negócios da Companhia dependem em larga escala da reputação que a sua marca “Grupo Fleury” tem com seus clientes, fontes pagadoras e comunidade médica e, se a Companhia não for capaz de manter essa reputação, poderá ser adversamente afetada.


O Grupo Fleury poderá não ser capaz de realizar aquisições no momento em que decidir realizá-las, em condições, termos ou preços aceitáveis. Além disso, essas aquisições podem não trazer os resultados esperados, ou a Companhia pode não ser capaz de integrá-las com sucesso aos seus negócios.


Processos judiciais ou procedimentos administrativos poderão afetar adversamente a Companhia.


As apólices de seguros que o Grupo Fleury mantém podem não ser suficientes para cobrir eventuais sinistros.


A Companhia está sujeita a eventuais atrasos motivados por greves nas alfândegas, portos, aeroportos e Receita ou Polícia Federal.


2) Riscos relacionados ao setor de serviços de medicina diagnóstica e medicina preventiva e terapêutica


Caso o Grupo Fleury não consiga se antecipar às tendências do setor em relação a novos serviços, processos e tecnologias em medicina diagnóstica e medicina preventiva e terapêutica ou ao menos acompanhá-las, a Companhia poderá ser adversamente afetada.


O Grupo Fleury atua em um setor altamente competitivo e a crescente consolidação no setor poderá intensificar a concorrência e afetar adversamente a Companhia.


O setor brasileiro de serviços de medicina diagnóstica e medicina preventiva e terapêutica está sujeito à extensa legislação e regulamentação.


3) Riscos relacionados às ações da Companhia


A volatilidade e a relativa falta de liquidez do mercado brasileiro de valores mobiliários poderão limitar substancialmente a capacidade dos investidores de vender as ações da Companhia pelo preço e na ocasião que desejarem.


A venda, ou a percepção de potencial venda, de quantidades significativas das ações do Grupo Fleury pode fazer com que o preço de mercado dessas ações diminua.


O Grupo Fleury poderá vir a precisar de capital adicional no futuro, que pode não estar disponível, estar em condições desfavoráveis ou desvantajosas ou ser obtido por meio da emissão de valores mobiliários, o que poderá resultar em uma diluição da participação do investidor nas ações da Companhia.


4) Riscos relativos ao Brasil


O governo brasileiro exerceu e continua a exercer influência significativa sobre a economia brasileira. Essa influência, bem como a conjuntura econômica e política brasileira, podem afetar adversamente o Grupo Fleury.


A inflação e os esforços do governo brasileiro de combate à inflação podem contribuir significativamente para a incerteza econômica no Brasil, o que pode afetar adversamente a Companhia.


A instabilidade cambial pode prejudicar a economia brasileira, bem como prejudicar o Grupo Fleury.


Acontecimentos e a percepção de riscos em outros países, sobretudo em países de economia emergente e nos Estados Unidos, podem prejudicar o preço de mercado dos valores mobiliários brasileiros, inclusive o preço de mercado das ações da Companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário